Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

O racismo vive na porta ao lado

Dizem os sábios desta vida que todos os dias aprendemos algo novo. Seja o deleite de um novo livro folheado ou as consequências de meter os dedos na torradeira. Mas o que importa é que aprendemos. Bom ou mau.

Isto vale principalmente para as pessoas. Por vezes, julgamos que conhecemos as pessoas quando na realidade, não fazemos ideia de quem são.

Aproveitando o bom tempo que se fazia sentir, saí depois de almoço. Fui ao café onde encontrei a esposa de um amigo acompanhada da filhota. Adoro a miúda. Sete anos de pura irreverência, sentido de humor e caracóis louros selvagens. Sentei-me e colocámos a conversa em dia. A mãe ausentou-se por breves instantes para ir à casa de banho e fiquei na cavaqueira com a miúda.

 

- Então e diz-me lá, como anda a escola? - perguntei.

- Corre bem. Estou a tirar boas notas. - disse ela, com aquele sorriso juvenil que ilumina o mundo.

- Os teus pais devem estar felizes então... - disse eu a sorrir.

- Bem, o meu pai não ficou muito satisfeito com uma coisa...

- Então?

- Sabes, eu gosto muito de dançar. Mas o meu pai não me deixa ir para as aulas de hip hop.

- Porquê?

- Bem, ele diz que aquilo é música de pretos e que como ele não gosta deles, não me quer a dançar hip hop com as minhas amigas...

 

Caiu-me tudo. Não sei o que me fez sentir pior. Se descobrir que alguém por quem nutria estima se revelou um perfeito racista, se ouvir palavras desta índole da boca de uma criança. Entretanto, a mãe chegou e a menina afastou-se um pouco para brincar com outras crianças que ali estavam. E questionei-a.

 

- Olha lá, a miúda disse-me isto. É verdade?

Ela baixou a cabeça em perfeito silêncio, quase como envergonhada.

- Tu conheces-o. Sabes que ele não é má pessoa. É um excelente pai mas está longe de ser um perfeito ser humano...

- Ninguém é perfeito.Certo. Bom pai? A dar a entender à filha que é aceitável ser-se racista? Mas ele pensa que ainda vivemos de acordo com as Leis de Jim Crow? Proibir a miúda de frequentar aulas de hip hop? Segregação racial no sec. XXI?

Mais uma vez, silêncio.

 

Mãe e filha despediram-se de mim, deixando-me com os meus pensamentos. Temo por esta nova geração. Receio que os ódios antigos e convicções tacanhas falem mais alto e hipotequem alguma réstia de humanidade que nos reste. O racismo está mais presente que nunca nas nossas vidas. Basta proferir o nome de Donald Trump que me ocorrem dezenas de citações à mente. E as pessoas aplaudem. Bebem cada palavra como verdades absolutas. Sejam palavras carregadas de racismo ou xenofobismo. Ao que chegámos...

Da minha parte, não sei se conseguirei voltar a apertar a mão a esta pessoa. Não posso chamar amigo a alguém que se me visse junto de alguns familiares meus, talvez lhes cuspisse na cara. E quem cospe nos meus, cospe em mim.

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D